Imagem de destaque Asfalto ligará São Pedro da Garça a Aparecida do Mundo Novo

Asfalto ligará São Pedro da Garça a Aparecida do Mundo Novo

13/01/2022 - 11:23
ASCOM | Texto: Pedro Neto | Fotos: Pedro Neto

O Programa Municipal de Mobilidade Rural da Prefeitura de Montes Claros também irá asfaltar a via de acesso entre os distritos de São Pedro da Garça e Aparecida do Mundo Novo. O principal objetivo é proporcionar melhores condições para o escoamento da produção, bem como o transporte escolar e de passageiros. O programa é composto por seis editais de licitação. Os envelopes com as propostas serão abertos dia 24 de janeiro, a partir das 9h30 horas da manhã, na sala de licitações do prédio I da Prefeitura, na avenida Cula Mangabeira, 211, Vila Guilhermina (www.montesclaros.mg.gov.br) telefone 38 22113190).

O trecho foi percorrido por servidores da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Montes Claros, para mostrar as reais condições da estrada, a exemplo do que já foi feito nas ligações entre a BR-135, em Cabeceiras e a Estrada da Produção, passando por Miralta e Vila Nova de Minas, bem como a estrada que liga a BR-365 a Canto do Engenho. O percurso é margeado por propriedades rurais e possui grande movimento de veículos pequenos e de carga, tratores, carroças e cavaleiros. A expectativa é positiva à pavimentação. A obra que deve ser concluída em 06 meses e acabará com os transtornos provocados pela lama, nas chuvas, e pela poeira, na seca.

O conjunto de obras vai beneficiar, direta e indiretamente, moradores de mais de 300 comunidades e localidades da área rural de Montes Claros e representa antigo anseio popular. As estradas serão pavimentadas de forma ecologicamente correta, preservando o Meio Ambiente, principalmente quanto à questão hídrica, garantindo a sustentabilidade.

Outro fator importante é que com o asfaltamento haverá diminuição do assoreamento dos cursos de água, muitas vezes provocados pela pelas enxurradas durante o período chuvoso. Os pontos a serem asfaltados vão acabar com este impacto ambiental, muitas vezes pouco percebido, mas de muita gravidade e que acaba prejudicando os sertanejos, com a diminuição do volume de água e escassez do líquido.